Em Petrolina, Cia Biruta de Teatro abre inscrições gratuitas para oficina de leituras dramatizadas

Os textos teatrais produzidos por mulheres e que tratam da sua representação na história e na contemporaneidade são o foco do projeto “Medusas – Ciclo de Leituras Dramatizadas”, desenvolvido pela Cia Biruta de Teatro (Petrolina/PE). Com inscrições abertas até 20 de fevereiro, a iniciativa é gratuita e voltada, principalmente, para mulheres e jovens residentes na periferia de Petrolina.

”Leia-mais”

Podem se inscrever no projeto mulheres e jovens artistas, produtores culturais, estudantes de artes cênicas e pessoas da comunidade surda. Os interessados devem ter mais de 14 anos e residir em Petrolina. Para participar, basta realizar a inscrição, através do endereço eletrônico https://forms.gle/UcsKcUXLnWnbSey88. Todas as aulas contarão com interpretação em Libras.

A oficina de leitura dramatizada propõe um olhar sobre textos dramatúrgicos produzidos por mulheres em diversos períodos. “Durante o projeto, que terá duração de três meses, além de abordar os textos teatrais, vamos trabalhar com fundamentos técnicos do teatro, exercícios de expressão e consciência corporal, modulação de energia e muitos outros. Ao final da oficina, realizaremos o ciclo de leituras dramatizadas, que é uma mostra pedagógica na qual serão apresentados os textos estudados no decorrer dos encontros”, explica a coordenadora geral do projeto, Camila Rodrigues.

Produtora executiva do projeto ‘Medusas’, Letícia Rodrigues conta que as redes sociais serão uma ferramenta importante para ampliar o alcance da proposta. “Além de registrar os estudos e vivências do projeto em um diário virtual, o ciclo de leituras dramatizadas será transmitido ao vivo nas redes sociais da Cia Biruta. Nós queremos promover maior acesso a esses textos e contribuir com a fruição da leitura dramatizada”, revela.

Nesse contexto, o objetivo da Cia Biruta é diversificar o repertório dramatúrgico dos participantes e estimular a sua capacidade de análise dos diferentes textos. “Com o projeto ‘Medusas’, a ideia é ampliar o acesso à diversidade de textos produzidos por mulheres no cenário mundial e local, além de estimular o pensamento crítico dos participantes, abordando questões de gênero e alteridade na construção das identidades, a partir da produção de conhecimento e de práticas que visam a superação de preconceitos, como o machismo e a invisibilidade da produção e criação femininas”, pontua a oficineira e também organizadora da iniciativa, Cristiane Crispim.

O projeto tem incentivo da Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco (Fundarpe), por meio do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura Geral 2020-2021), e será ministrada pelos fundadores da Cia Biruta de Teatro, Cristiane Crispim e Antônio Veronaldo, com coordenação geral de Camila Rodrigues, produção executiva de Leticia Rodrigues e assistência de produção de Amanda Martins. Os encontros serão realizados no Cineteatro Massangano – Praça CEU das Águas, no bairro Rio Corrente, de 24 de fevereiro a 13 de abril, sempre aos sábados (15h às 18h) e domingos (09h às 12h).

”Leia-menos”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AO VIVO