programa dupla conexão

Vereador Wenderson Batista diz não temer disputa para o legislativo municipal em 2024

Sem medo de concorrência, ‘Pé de Galo’ segue firme no mandato em busca de viabilizar sua reeleição (Foto: Nilzete Brito divulgação)

No seu conhecido estilo, como se diz no popular ‘curto e grosso’, o vereador Wenderson Batista, do União Brasil de Petrolina, disse nesta quarta, 28, durante entrevista ao programa Dupla Conexão, da Rádio Ponte FM, conduzido pelos jornalistas e comunicadores, Cauby Fernandes, Cinara Marques e Sérgio Lopes, que não teme as mudanças da legislação eleitoral como a criação das federações, e nem a concorrência de candidaturas que aumentam a cada disputa eleitoral em Petrolina, maior colégio eleitoral do sertão de Pernambuco com quase 250 mil eleitores.

“Pode fazer a mudança que for. O meu maior concorrente, sou em mesmo. Devo disputar a reeleição com mais cinco vereadores de mandato, mas eu não estou preocupado não, eu me preocupo é com o meu trabalho. Pode se candidatar é mais de mil. Hoje, graças a Deus, vejo que as pessoas têm absorvido a minha forma de atuação e de trabalho”, declarou Pé de Galo.

Integrante da bancada do prefeito Simão Durando, União Brasil, na Câmara Municipal, Wenderson detalhou que tem feito seu trabalho como aliado, buscado visitar a cidade e ouvir as pessoas, e tentado resolver as demandas que chegam ao seu mandato, mas sem necessariamente ter que dar visibilidade, “até para não despertar a concorrência”, atentou.

Ele frisou ainda que que convive bem com os colegas, apesar de ter alguns pares que ele se quer cumprimenta e nem faz questão.

“Faço questão de manter distância. Mas procuro honrar o legado que carrego, criando minha própria história e ajudando alguns dos colegas como faço com frequência quando me pedem. Sei que alguns não engolem que eu na minha primeira disputa, ter sido eleito com mais de 3 mil votos, disputando com muita gente de mandato. Iniciei o primeiro ano de poder legislativo, até deixando claro como seria minha atuação, sendo duro em certos momentos, mas venho aprendendo a trabalhar com respeito aos que me elegeram e ao povo que sabe de onde venho e confia em nosso mandato”, acrescentou Wenderson Batista.

Confira no vídeo abaixo a entrevista completa do vereador:

Por Cinara Marques

Em entrevista ao programa Dupla Conexão, vereador Elismar Gonçalves destaca sua atuação em 2022

Elismar que é oposição, diz que tem feito sua parte para ajudar a melhorar a vida dos petrolinenses (foto: Nilzete Brito divulgação)

Um dos convidados do programa Dupla Conexão da sexta, 23, na Rádio Ponte FM 91.5, o vereador Elismar Gonçalves (Podemos/PE), destacou avanços do seu terceiro mandato. Em conversa com os comunicadores e jornalistas, Cauby Fernandes e Cinara Marques, que dividem a bancada do Dupla Conexão, Elismar citou entre esse crescimento político, sua atuação de fazer uma “oposição responsável”.

“O nosso compromisso é com toda a cidade. Claro, tenho uma base política, de onde saímos majoritários como na região de Nova Descoberta e Bebedouro, mas nosso compromisso é votar naquilo que for bom para todos os cantos de Petrolina”, assinalou Elismar.

Sobre a atual mesa diretora da Casa Plínio Amorim, comandada pelo vereador governista, Aero Cruz, MDB, Elismar fez questão de parabenizar o atual presidente do legislativo petrolinense pela condução na administração da Casa. “O presidente Aero Cruz tem mais acertado do que errado”.

Outro ponto a destacar na entrevista do vereador Elismar Gonçalves diz respeito a uma discussão sobre criação do instrumento da emenda impositiva que faria com que as indicações, requerimentos e, especialmente, as emendas ao Orçamento Municipal, não continuem sendo peças fictícias, principalmente se o vereador for de oposição.

“Este ano apresentei 40 emendas à LOA, mas é pura peça fictícia. Uma mudança na Lei Orgânica Municipal, proposta pelo ex-vereador Zé Batista, poderia mudar isso. A proposta seria de utilizar 1,2% da receita líquida do ano anterior e distribuir esse valor entre os 23 vereadores, sendo que 60% desse valor seriam destinados à área da saúde. Se implanta a emenda impositiva, o gestor é obrigada na força da lei a atender”, explicou o parlamentar.

Acompanhe no vídeo abaixo, esses e outros assuntos destacados por Elismar Gonçalves no Dupla Conexão:

AO VIVO